Análise de SEO, o que é e como fazer

Atualizada: 2022-11-21
Análise de SEO
Análise de SEO, auditoria de SEO ou SEO audit em 15 passos. Aumente a velocidade do seu site, corrija erros de programação, melhore a experiência do utilizador. Verifique sitemap, robots.txt e htaccess. Optimize para dispositivos móveis, crie melhor conteúdo, modifique artigos existentes. Veja os backlinks, elimine broken links e melhore o ranking.
Comece a ganhar dinheiro hoje.
Registe-se gratuitamente

Índice

Uma Análise de SEO, ou Auditoria de SEO, tradução do original em inglês SEO audit, tem vários objectivos.

Mas, de modo simples, permite-lhe conhecer as métricas do seu site. Para poder melhorá-las e tornar o site mais rápido, mais acessível.

Com isto o seu site alcançará um melhor posicionamento nos resultados dos motores de busca. Como bónus, terá um conhecimento mais profundo do seu site e da realidade da internet.

Análise de SEO em 15 passos

Antes de continuar a sua análise de SEO: check-list do que precisa ter de antemão:

  • Tem Conta no Google Search Console? Se ainda não, crie já a sua. É grátis e vai ser útil em alguns dos passos.
  • Tem acesso de administrador ao seu site? Prepare os dados de acesso. Senão, peça a quem desenvolveu o seu website.
  • Tem acesso à consola de administração do seu alojamento? Se não tem, peça ao seu provedor de alojamento.
  • Também será necessário ter acesso aos ficheiros do seu website, pela consola de admin (cpanel, por exemplo) ou através de conta FTP. Também pode pedir ao seu provedor de alojamento.

Google Search Console

1 - O seu site é mobile?

O primeiro passo da nossa auditoria de SEO é verificar a compatibilidade com telemóveis. Ter um website compatível com todos os dispositivos móveis é essencial.

Hoje em dia, um site que não seja mobile tende a desaparecer dos resultados das pesquisas.

Porque o Google, maior motor de busca, passou a utilizar os dispositivos móveis como o standard, visto que a navegação na web a partir de telemóveis e tablets já ultrapassou a navegação em computadores.

Para verificar se o seu website é compatível com todos os dispositivos use esta ferramenta gratuita de teste do google:

Teste de compatibilidade com dispositivos móveis

Nota: insira o endereço web completo, com https:// no início. Senão pode dar erro.

Resultado para o site wikipedia.org:

Teste wikipedia.org em dispositivos móveis

Dica: veja o seu site como se o estivesse a ver de diversos dispositivos diferentes.
 

Para isso basta usar uma extensão para o seu browser.

 

Existem extensões para o Firefox, Vivaldi, Opera ou Chrome que permitem visualizar o seu site como se o estivesse a ver a partir de um tablet ou telemóvel.

É só adicionar uma extensão como a "Responsive View", para Chrome ou Opera, ou "Responsify viewer, para o Firefox. Eis a vista do responsive view do oceanario.pt no Vivaldi:

Responsive view

O seu site não é mobile? Ou apenas algumas páginas apresentam problemas?

Se o seu website não é mobile, está na hora de atualizar o seu site. Se apenas algumas páginas dão problemas, já irei explicar como proceder.

2 - Confira o ficheiro robots.txt

O ficheiro robots.txt é essencial. Se ainda não sabe o que é, pode encontrar informação sobre o que é o robots.txt e para que serve aqui.

Pode verificar se o seu ficheiro robots.txt está válido e conforme aqui. Veja o resultado do teste ao robots.txt da nasa.gov:

Ficheiro robots.txt de nasa.gov

Dica: Como verificar o robots de qualquer site.
 

Para verificar o ficheiro robots.txt da maioria dos sites, basta colocar /robots.txt no final do URL do domínio base desse site.

Assim, para ver o ficheiro robots do site do Governo de Portugal, em portugal.gov.pt/robots.txt

Robots.txt de Portugal.gov.pt

3 - Confira o sitemap

Todos os sites precisam de ter um mapa. O sitemap cumpre a função de ensinar aos motores de busca quais as páginas de um site a rastrear e pode dar mais informações relevantes, como a prioridade de indexação e a data de alteração de cada página.

Isto permite a si, enquanto proprietário, indicar quais as páginas que devem ser indexadas.

De contrário, esses bots dão prioridade à indexação do seu site da forma pré-definida por eles. Leia mais aqui.

Para descobrir se o seu site tem um sitemap, coloque /sitemap.xml no final do seu URL, na raíz do seu site. Veja aqui o sitemap do Oceanário de Lisboa:

Sitemap do Oceanário

Dica: no caso de ter o seu site em Wordpress, há vários plugins que criam um sitemap automaticamente.

Outras plataformas de criação de sites também oferecem formas de criar um sitemap.

4 - Confirme que tem apenas uma versão do seu site indexada pelo Google

Por estranho que possa parecer, a menos que já tenha configurado isso adequadamente, para o Google, isto são quatro sites diferentes:

  • http://omeusite.pt
  • http://www.omeusite.pt
  • https://omeusite.pt
  • https://www.omeusite.pt

Para que isto não aconteça, deve ter definido um redireccionamento para uma única versão do seu site. A escolha deverá ser https://; quanto a usar ou não o prefixo www é totalmente opcional.

O que importa é que escolha uma e todas as outras redireccionem automaticamente. Como testar: escreva o URL completo do seu site no browser, experimentando cada uma das quatro formas acima e veja se redirecionam apenas para uma delas.

Para corrigir o redirecionamento há várias formas: no cpanel, se tiver acesso; no ficheiro .htaccess ou pedindo ajuda ao responsável pelo alojamento do site.

5 - Verifique o ficheiro .htaccess

Um dos mais importantes componentes de um website é o ficheiro .htaccess. Todos os sites criados sobre Apache têm um.

A esmagadora maioria dos provedores de alojamento usam Apache nos seus servidores, é por isso muito provável que o seu site tenha um ficheiro .htaccess.

Aquilo que é importante saber é quão optimizado está o .htaccess, para as necessidades do seu site.

Aqui está uma parte de um ficheiro .htaccess de um site em wordpress:

Ficheiro htaccess de um website

Atenção: editar o ficheiro .htaccess é uma tarefa que exige conhecimento e tem riscos para quem desconheça o seu funcionamento e edição.

Alguns plugins de SEO para Wordpress permitem adicionar pedaços de código ou realizar edição do ficheiro. O ficheiro .htaccess também pode ser editado no administrador de ficheiros do seu site.

Se não sabe como editar, o melhor é pedir ajuda ao administrador do site ou do alojamento. Normalmente, isto tem um custo, mas é mais seguro se não souber como editar você mesmo.

A maior vantagem da edição do htaccess é que há optimizações que impactam a rapidez e a segurança de qualquer website que só aí podem ser feitas com eficácia.

Leia mais sobre o ficheiro .htaccess no site Apache.org.

6 - Teste a velocidade do seu site

Existem vários locais onde pode testar métricas de desempenho do seu site. Três que recomendo são o Gtmetrix, o Pingdom e o Google PageSpeedInsights.

Gtmetrix: é o mais completo, mas na versão gratuita não permite escolher o local do teste. Mesmo assim, as recomendações dadas após o teste são úteis.

Gtmetrix para wikipedia.org:

O teste Gtmetrix para o wikipedia.org

Gtmetrix para oceanario.pt:

Gtmetrix para oceanario.pt

Claramente, o site do Oceanário precisa de melhorias. Vamos ver com mais algum detalhe os resultados.

Em primeiro lugar, no separador "Summary", são destacados alguns dos problemas principais e é mostrada a visualização do carregamento.

Gtmetrix summary

No separador Performance pode ver as métricas da rapidez de carregamento. Aqui os números são bastante fracos, mesmo tendo em conta que a página está a ser testada a partir do Canadá.

Gtmetrix performance

O separador Structure é o mais importante de todos. É aqui que pode ver com detalhe tudo o que tem impacto sobre a velocidade de carregamento e qualidade da programação.

A melhor parte é que tudo consiste em recomendações claras e muito directas. Pode inclusive ver quais as páginas afetadas, quais as porções de código, scripts e plugins que causam cada um dos problemas.

Gtmetrix Structure

O separador Waterfall mostra, detalhadamente, tudo o que foi carregado no browser em cada milissegundo.

Gtmetrix waterfall

Pingdom: é a ferramenta mais simples, mas permite escolher o local do teste para um que seja mais próximo do local onde tem o seu site alojado.

Também é útil para dar um panorama mais geral, para quem se sinta confuso com toda a informação disponibilizada pelo Gtmetrix.

Aqui está o teste do site do Governo de Portugal:

Pingdom Portugal.gov.pt

Google PageSpeed Insights: uma ferramenta do Google, que tem a vantagem de estar em português.

Pode também verificar as eventuais diferenças entre desempenho da sua página em telemóveis ou em computadores. Esta informação é determinante para a sua análise de SEO:

Aqui temos o teste ao site da Câmara Municipal de Cascais:

PageSpeed Cascais.pt

Como pode verificar, há muito a melhorar aqui.

PageSpeed Insights

Uma das métricas apresentadas tem um link em "Saber mais", que direciona para páginas onde explica com detalhe o que significa cada uma dessas métricas e o que fazer para melhorar. Aqui, First Contentful Paint:

First contentful paint
 

7 - Validação W3C

Uma verdadeira auditoria de SEO não pode prescindir da visita à página "mãe" da internet. É o site do W3C - World Wide Web Consortium!

W3C é "O" organismo internacional que coordena a Internet, define e desenvolve os standards que regulam a própria web.

Portanto, o que é definido pelo W3C pode estar certo que obedece aos melhores padrões e práticas.

O web site do W3C tem diversa documentação e "cheatsheets", que ensinam as melhores práticas. Uma muito importante é a da acessibilidade, que tem recomendações que todas as páginas devem seguir. Veja aqui.

W3C cheatsheet acessibilidade

Cheatsheet de internacionalização também é útil:

Cheatcheet internacionalização

Por fim, veja o separador de tipografia:

Cheatsheet tipografia

Além disso, tem também validadores, de uso gratuito. Pode inserir o endereço completo do seu site e verificar se o seu site tem erros de validação e programação. Teste: Markup Validation Service.

Markup Validation Service

Mais uma vez, realizamos o teste nasa.gov, que apresentou erros:

Check ao site nasa.gov e erros que apresentou

Os erros apresentados podem ser analisados e corrigidos. Isto vai melhorar a qualidade global do seu website, impactando positivamente o seu SEO.

8 - Melhore a experiência do utilizador

Uma das recentes tendências na Internet que veio para ficar foi a busca da melhor experiência do utilizador.

inclusive métricas que ajudam a perceber se um website tem uma boa experiência de utilização.

Entre elas, o Google Search Console tem uma secção dedicada à Experiência. Aqui estão as métricas de um site:

Search Console - experiência de página

Uma ferramenta gratuita para testar que é muito útil é o Google Page Experience Checker.

Page Experience Checker

A mais-valia desta ferramenta é apresentar recomendações para melhoria da experiência do utilizador e indica boas práticas a seguir.

Não esqueça: a sua auditoria de SEO deve sempre debruçar-se sobre a melhoria da experiência dos seus utilizadores.

9 - Corrigir os broken links

Os links que já não funcionam tem um impacto directo no seu SEO.

Isto ocorre porque dão sinais negativos aos bots do Google: dão ideia de que o site não está atualizado, aumentam o "bounce rate" (taxa de rejeição) do seu site, diminuem tempo de visita, etc.

A boa notícia é: é muito fácil detetar e corrigir este problema. Há imensas ferramentas para detetar broken links. Apresento aqui o dead link checker.

dead link checker oceanario.pt

Pode verificar que ele enumera todos os links, e diz qual o tipo de erro de cada um.

Para resolver isto é só editar diretamente as páginas onde ocorrem estes links e remover. Não omita este passo na sua análise de SEO.

10 - Conhecer os seus backlinks

Os backlinks são o ouro para um website. O trabalho de fundo da maioria dos responsáveis de SEO é obter backlinks.

Tudo isto porque o Google decidiu que o factor singular mais importante para o posicionamento de um site era o número e a qualidade dos backlinks.

Até à data, isso ainda é assim. Por isso, precisa de conhecer os backlinks para o seu site. Pode usar o SE Ranking para isso. Pode utilizar gratuitamente.

Vista geral dos backlinks em SE Ranking

O relatório continua, com mais informações importantes. Entre elas, os domínios que unem e para onde. Também fica a saber quantos links ganhou e perdeu ao longo do tempo.

SE Ranking new and lost backlinks

A Google Search Console também lhe apresenta uma listagem de backlinks, ainda que com menos informação. Mas ainda assim é útil.

Google Search Console backlinks

Como obter mais backlinks? Esta é uma das perguntas que mais vezes é respondida na Internet. Mas não há uma resposta. Há muitas! O segredo está nos conteúdos. Vamos lá em seguida.

11 - Solucione o problema das "páginas zumbi"

As zombie pages, ou páginas zombie são:

  • Páginas não responsivas em dispositivos móveis: páginas não preparadas para telemóveis são penalizadas;
  • Páginas não indexadas: têm problemas técnicos, como scripts que não são executados ou demoram muito a carregar;
  • Páginas vazias: páginas sem conteúdo ou com poucas palavras ou sem qualquer interesse;
  • Páginas "obsoletas": páginas antigas, datadas, sobre temas que deixaram de ser relevantes, como por exemplo páginas referentes a eventos passados;
  • Páginas orfãs: são páginas não indexadas pelos motores de busca, são tratadas como se nem existissem.

No Google Search Console pode ver quais as páginas não indexadas e qual o motivo pelo qual não foram.

Indexação de páginas no Search Console.

Aqui pode ver mais em baixo, o problema mais prevalente aqui, com 106 páginas afectadas, é "Página com redirecionamento":

Páginas com redirecionamento

Em seguida são indicadas todas as páginas com este problema.

Para resolver estes problemas deve então aceder à consola de administração do seu website e aplicar as correções.

Ainda na Search Console é possível verificar se o seu site tem páginas utilizáveis ou não em dispositivos móveis, indica o porquê e quais serão essas páginas, caso existam.

Seach console visualização em dispositivos móveis

O site auditado não tem nenhuma página com esse problema.

Outra situação é, se tem no seu site páginas que deixaram de ser relevantes, pode optar por as eliminar.

A solução para resolvermos estes problemas é o assunto do próximo passo da nossa auditoria de SEO...

12 - checar todas as páginas e artigos de blog do seu site

É hora de aceder à consola ou "dashboard" do seu site, e ver todas as páginas e todos os artigos que tenha publicado.

O que vai analisar:

  • Páginas com pouco ou nenhum conteúdo: decida então se quer adicionar conteúdo ou se prefere eliminá-las.
  • Páginas sem estrutura adequada: são páginas sem a adequada estrutura de "heading": h1, h2, h3, etc. Título (h1), Sub-título... E com tags, descrição, texto alternativo às fotografias. Isto impacta o SEO a acessibilidade.
  • Páginas duplicadas: páginas que tenham o mesmo conteúdo. Uma delas deve ser eliminada.
  • Páginas geradas automaticamente: são criadas por softwares ou por plugins, como por exemplo páginas de tradução automática que não tenham sido editadas manualmente.
  • Páginas copiadas ou plagiadas: deve evitar a todo o custo ter conteúdos retirados de outras páginas. A menos que tenha autorização para o seu uso. O plágio é tão grave para o Google que pode dar uma penalização. Um website com uma penalização sai das páginas de resultados do Google. E só regressa aos resultados após um complexo e moroso processo de recurso. Que muitas vezes é rejeitado.
  • Páginas irrelevantes: são páginas que perderam o seu interesse, por terem tido poucas ou nenhumas visitas, por se referirem a assuntos passados. Pode optar por eliminar.

13 - Trabalhar as keywords

Na sua análise de SEO, agora é o momento de pensar estrategicamente nas palavras-chave que utiliza.

Deve focar cada página ou artigo do seu site para uma keyword que seja importante. Há várias ferramentas dedicadas às keywords.

Aqui, por estarmos a realizar uma auditoria de SEO com ferramentas gratuitas, vamos usar o Ubersuggest.

Pode criar uma conta gratuitamente. Se gostar, pode fazer upgrade.

Aqui testámos a keyword "hotel nos açores":

Ubersuggest hotel nos açores vista geral

Onde podemos ver volume de pesquisas, dificuldade relativa de classificar nessa keyword, preço do click, entre outras métricas.

Mas podemos também ver outras palavras-chave semelhantes para as quais podemos também querer classificar. São as keyword ideas:

Ubersuggest keywor ideas

Além disso, também pode saber quais são as keywords que mais direcionam tráfego para o seu site, ou ver sites semelhantes ao seu, que são sua concorrência.

Ubersuggest keywords by traffic

Ainda pode ver ideias de conteúdo:

Content ideas no Ubersuggest

14 - Optimize as páginas do seu site

As páginas e artigos que já tem no seu site provavelmente podem ser melhoradas, atualizadas, otimizadas.

Pode desenvolver um pouco mais, pode acrescentar mais informações, adicionar mais imagens, por exemplo. Não se esqueça de adicionar alt text para todas as imagens.

Também é altura de reorganizar os headings, criar a hierarquia: h1 para títulos, h2 para sub-títulos, h3 para segmentos.

Pode aproveitar para melhorar a organização do texto. Pode encurtar os parágrafos, pode encurtar frases muito longas. Tudo para facilitar a leitura.

Enfim, há muita coisa que pode fazer! Não podemos prescindir deste passo na nossa análise de SEO.

Dica: se tem o seu site em Wordpress, instale e configure um plugin de SEO. Há inúmeros.
 

Entre eles, destaco o SEO Framework, o Rank Math e o Yoast. Siga as recomendações do plugin quando escrever.

15 - Crie novos conteúdos para o seu site

Estamos prestes a concluir a nossa análise de SEO. Falta apenas um passo.

Lembra-se das ideias de conteúdo que descobrimos no passo 13?

Vamos pegar nessas pegar nas ideias de conteúdo que descobrimos, procurar ainda mais ideias e começar a criar novos artigos.

veja neste site, Answerthepublic.com ideias de conteúdos:

Answerthepublic ideias sobre meditação

Aqui pode escrever um tema, uma palavra que lhe interesse. Ele apresenta dezenas de ideias relacionadas com a palavra que inseriu.

Para terminar a nossa auditoria de SEO

Espero que tenha sido proveitosa esta sua primeira análise de SEO. No entanto, as melhorias obtidas não são uma conquista permanente.

Pelo contrário: encare a empreitada de realizar uma auditoria de SEO como uma jornada que nunca se dá por terminada. Porque a Internet está em constante mudança.

Mudam os rankings, mudam os interesses dos visitantes, mudam os assuntos que pesquisam. E mudam os standards, os procedimentos, as regras.

Até mudam as políticas e as leis. Por isso, um site que hoje está no topo dos resultados, pode cair sem aviso.

A única recomendação, portanto, é que permaneça atento às métricas e que realize uma nova auditoria de SEO sempre que se mostrar necessário.

Os seus comentários (0)
Os editores da WhitePress têm o direito de remover comentários ofensivos que contenham palavras vulgares ou não se relacionem com o assunto em questão.

O administrador dos dados pessoais é WhitePress sp. z o.o., com sede em Legionów 26/18 Street, 43-300 Bielsko - Biała. Os seus dados pessoais são processados para efeitos de marketing da WhitePress sp.z o.o. e entidades interessadas em comercializar os seus próprios bens ou serviços. O objectivo de marketing da WhitePress sp.z o.o. inclui informação comercial sobre conferências e formações relacionadas com conteúdos publicados no separador Blog. A base legal para o processamento dos seus dados pessoais é a finalidade legítima prosseguida pelo Administrador e seus parceiros (Artigo 6 parágrafo 1 alínea f da GDPR). Os utilizadores têm os seguintes direitos: o direito de solicitar acesso aos seus dados, o direito de retificar, o direito de apagar dados, o direito de limitar o processamento e o direito de transferir dados. Pode encontrar mais informações sobre o processamento dos seus dados pessoais, incluindo os seus direitos, na nossa política de privacidade.

Ler tudo
  • Nenhum comentário sobre este artigo ainda.

O administrador dos dados pessoais é WhitePress sp. z o.o., com sede em Legionów 26/18 Street, 43-300 Bielsko - Biała. Os seus dados pessoais são processados para efeitos de marketing da WhitePress sp.z o.o. e entidades interessadas em comercializar os seus próprios bens ou serviços. O objectivo de marketing da WhitePress sp.z o.o. inclui informação comercial sobre conferências e formações relacionadas com conteúdos publicados no separador Blog. A base legal para o processamento dos seus dados pessoais é a finalidade legítima prosseguida pelo Administrador e seus parceiros (Artigo 6 parágrafo 1 alínea f da GDPR). Os utilizadores têm os seguintes direitos: o direito de solicitar acesso aos seus dados, o direito de retificar, o direito de apagar dados, o direito de limitar o processamento e o direito de transferir dados. Pode encontrar mais informações sobre o processamento dos seus dados pessoais, incluindo os seus direitos, na nossa política de privacidade.

Ler mais
Artigos recomendados